Ter um bom app da sua loja não irá garantir o sucesso de vendas no mobile.

É preciso ter em mente que esse novo canal necessita de dedicação e investimento para alavancar, assim como o seu e-commerce e as suas lojas físicas. Se para você tudo no mundo mobile é novidade, não se preocupe! Listamos aqui nesse post algumas dicas úteis que vão te ajudar a começar com o pé direito. Confira:

Use o seu app

Pode parecer muito óbvio, mas é importante dizer: conheça seu novo canal de vendas. Ninguém melhor do que você para saber se ele está bom ou ruim, e isso só se descobre usando.
Mantenha o aplicativo instalado no seu celular pessoal ou corporativo e use-o com frequência. Coloque-se no lugar do seu cliente, pois ele será o usuário e o foco do seu negócio. Faça compras de teste, conheça todas as funcionalidades e o melhor uso para cada uma delas.
Só assim você descobrirá como usufruir de tudo que esse canal oferece e ainda ter ideias para melhorá-lo.

Experiência do Usuário – UX

A experiência que o usuário tem com o seu aplicativo afeta diretamente na conversão e no posicionamento da sua marca. Certifique-se de que seu aplicativo seja fácil de usar, mas tenha em mente que pessoas interagem de maneiras diferentes com um mesmo produto. Ou seja, o que parece claro e óbvio para você pode não ser para a pessoa que está usando o app da sua loja.
Por esse motivo, testes e pesquisas com os usuários são fundamentais e devem ser realizados de tempos em tempos para garantir que o seu canal mobile continue se adaptando às mudanças culturais e comportamentais do seu público.
“Mas eu não tenho verba para fazer pesquisa!” É o que você está pensando? Lembre-se das avaliações dos usuários na App Store e Play Store, por exemplo. Elas são ótimas fontes de informação sobre a experiência que os usuários têm com o seu aplicativo.

Jornada do usuário

Além de entender como os usuários interagem com o seu aplicativo, é preciso pensar em como o seu aplicativo irá interagir com eles. Isso porque ninguém vê com bons olhos um app que te acorda com mensagens ou que pede para avaliá-lo de 5 em 5 minutos.
Para não ser um app deixado de lado ou considerado chato, é fundamental pensar no contexto em que seu público está inserido. O que gosta, o que faz, em que momento do dia acessa o aplicativo da sua loja?
Dessa forma, conseguirá identificar os possíveis pontos de contato entre você e seu público e definir o melhor momento e forma para se relacionar com ele.

Conteúdo para mobile

A maioria dos e-commerces que adquirem um aplicativo para a sua loja espera que o conteúdo do seu site se adapte para a tela do app automaticamente. Mas além disso não ser possível, também não é adequado.
Basta imaginar lindas imagens panorâmicas espremidas na tela de um smartphone. Ou textos descritivos tão longos que fazem parecer que o scroll não tem fim. O conteúdo do seu site foi pensado para uma tela horizontal, que possui no mínimo 13 polegadas. É ilusão pensar que esse mesmo conteúdo irá se adaptar à uma tela vertical de 5 polegadas sem grandes perdas.
Considere ter um conteúdo específico para o mobile: com enquadramento de produtos mais aproximados, banners em formatos adequados e conteúdo resumido. E nunca se esqueça da jornada do seu usuário (ponto anterior). Como diz Talia Wolf, especialista em otimização de taxa de conversão:

“Enquanto o visitante do desktop está sentado confortavelmente em sua mesa e tem todo o tempo do mundo para ler e converter, o visitante móvel está geralmente em movimento, realizando multitarefas, e muitas vezes utilizando um par de dispositivos ao mesmo tempo.”